Livro-Mindset-A-Atitude-Mental-Para-o-Sucesso

Mindset – A Atitude Mental Para o Sucesso (Vogais, 2014)

Recomendo o livro “Mindset- A Atitude Mental Para o Sucesso” de Carol S. Dweck pela clareza com que explica os 2 tipos de mentalidade (mindset) que temos. Aquele que for dominante coloca a nossa vida numa determinada posição.

Creio que explica o porquê de algumas pessoas terem muito sucesso, outras nenhum, em determinadas áreas das suas vidas.

O Mindset Fixo é o que nos leva a dizer coisas como:

  • Não faço, porque não sei.
  • Não compro porque não tenho dinheiro.

O Mindset Progressivo pensa de outra forma:

  • Faço. Não sei, mas vou aprender.
  • Compro. Não tenho dinheiro, mas vou arranjá-lo.

Segundo a autora, a atitude mental não é um mero traço de personalidade: na verdade, é a explicação de como nos tornamos otimistas ou pessimistas, e define os nossos objetivos, a nossa abordagem ao trabalho e às relações sociais e a forma como educamos os nossos filhos.

É, por isso, um fator decisivo para que qualquer pessoa consiga cumprir todo o seu potencial.

Existem dois tipos fundamentais de atitudes mentais: a fixa e a progressiva. Os que têm a primeira acreditam que o talento e as capacidades são definidos à partida e não se alteram ao longo da vida. Este é o caminho para a estagnação e a desmotivação. Por outro lado, os que têm uma atitude mental progressiva acreditam que o talento pode ser desenvolvido, com tempo e persistência. Este é o caminho da oportunidade — e do sucesso.

Neste livro, Carol Dweck mostra, de forma muito prática e simples, como é possível fomentar uma atitude mental progressiva em qualquer altura da vida, potenciando a autoestima, a motivação e a capacidade de concentração, e gerando resiliência e paixão pela aprendizagem — a base dos grandes feitos em todas as áreas.

Pesquisar na FNAC  (Portugal) | Bertrand (Portugal | Amazon (Espanha) (em português do Brasil) | Livraria Saraiva (Brasil)

O Homem Mais Rico da Babilónia (1929)

O Homem Mais Rico da Babilónia é um livro escrito por George S. Clason. Trata-se de uma colectânea de parábolas escritas por Clason a partir de 1926 e distribuídas, sob a forma de panfletos, em bancos e companhias de seguro norte-americanas.

Eu li este livro há muito tempo e provocou em mim um verdadeiro terramoto: ENSINOU-ME que eu poderia ficar rico, começando com quase nada e isso deu-me de volta o poder de comandar a minha vida, ditar as minhas regras e programar o meu futuro.

Foi tremendamente poderoso.

As parábolas são ambientadas na antiga Babilónia e trazem ensinamentos sobre assuntos financeiros: Planeamento financeiro, a importância de se poupar, empréstimos, entre outros.

Considerado como um dos melhores livros da área de finanças, O Homem Mais Rico da Babilónia alcançou excelente vendagem nos Estados Unidos e por todo o mundo

Podes Descarregar aqui (versões gratuitas):

Podes também procurar uma cópia nas livrarias online. Vale a pena possuir uma.


Partilha agora este livro com quem aches que pode beneficiar dele (ou então… partilha com toda a gente 😀 ). Clica Abaixo:

COMO TRANSFORMAR IDEIAS EM DINHEIRO: AS 15 PEÇAS DO PUZZLE

Como Transformar Ideias em Dinheiro – As 15 Peças do Puzzle (Serro Ventoso, Tribo Marketing)

 

Clica na Imagem para Descarregar a Tua Cópia Grátis de “Como Transformar Ideias em Dinheiro – As 15 Peças do Puzzle”

Clica na Imagem ou AQUI para Descarregares a Tua Cópia Grátis de “Como Transformar Ideias em Dinheiro – As 15 Peças do Puzzle”

Transformar ideias em dinheiro é o “santo graal” do empreendedorismo.

Todas as pessoas que gostariam de ganhar mais dinheiro acabam, mais tarde ou mais cedo de se cruzar com oportunidades ou com ideias. Só precisam saber como transformar essas oportunidades e ideias em dinheiro. Isso é o que eu sei fazer e te explico neste eBook grátis.

Primeiro vamos falar das ideias e depois da tua forma de pensar que pode tornar essas ideias em sucessos ou em fracassos. Sim, ambos os desfechos são possíveis, dependendo da tua forma de pensar e das decisões e acções daí decorrentes.

Artigo Relacionado: As 7 Prisões da Mente que Escravizam uma Pessoa

Vamos também enumerar as formas de pensar certas para teres sucesso.

Para transformares ideias em dinheiro, precisas saber o que é uma ideia geradora de dinheiro.

A maior parte das vezes alguém que vê uma oportunidade ou tem uma ideia, não tem consciência do valor real dessa oportunidade ou dessa ideia no mercado, nem sabe que provavelmente irá falhar caso lhe falte alguma das virtudes que te enumero abaixo:

1-  Uma Oportunidade ou Uma Ideia Geradora de Dinheiro é Autoexplicativa

A “Fórmula do Guardanapo”. Se não conseguires explicar o conceito em 10 minutos, rabiscando num guardanapo, provavelmente é demasiado complicada para ser entendida facilmente.

Acontece que, quando é preciso explicar muito, perdes 90% da energia dos potenciais interessados logo aí. Resta pouco para o entusiasmo de aderir à ideia.

2- Apela a Um Nicho Apaixonado

Podes ter a melhor solução, mas se a propões a alguém que não tem o problema, a tua ideia é completamente desvalorizada.

Artigo Relacionado: Ganhar Dinheiro na Internet – 41 Erros Estúpidos a Evitar

Precisas responder a problemas reais de um nicho específico. Há sempre um grupo de pessoas que tem o problema para o qual a tua ideia representa a solução. Encontra essas pessoas e apresenta-lhes a elas (e não a outras) a tua ideia. Elas vão dar-lhe o devido valor, e, onde há valor, há possibilidade de negócio.

Artigo Relacionado: Quanto Vale o Teu Bloco de Notas? A Diferença Entre Preço e Valor

Lembra-te nunca terás uma ideia de valor para toda a gente. Todas as pessoas que tentam ser tudo para todos fracassam invariavelmente.

Um nicho apaixonado, está pronto para te entregar o seu dinheiro em troca dos benefícios que tens para oferecer. Prontíssimo, desejoso e ansioso. Vais fazer as vendas mais fáceis da tua vida, em piloto automático se tiveres um sistema automatizado de venda como este da Tribo de Marketers, por exemplo.

3- Apresenta Uma Abordagem Inovadora

Se a tua ideia não traz nada de novo para o teu nicho de mercado, não é muito interessante. Pior, encontras uma concorrência que está instalada e provavelmente todos os teus clientes terão de ser ganhos a essa concorrência.

Uma ideia nova, ou uma nova abordagem costumam apelar eficazmente aos insatisfeitos e tens aí um bom terreno de penetração. Mais facilmente conquistas uma fatia do teu mercado.

Procura no teu nicho os desejos não satisfeitos pela tua concorrência e trata de apresentar a tua solução para esses desejos. Funciona sempre.

4- É Escalável Dentro do Nicho

Se a tua ideia tem um produto para as pessoas comprarem, ser escalável significa que haverá outros produtos/serviços disponíveis para que os mesmos clientes voltem a comprar-te coisas. Não faz qualquer sentido teres conquistado um cliente e ele não poder dar-te mais dinheiro a ganhar. Necessitas sempre de um “programa de continuidade” que pode ser uma subscrição, um “autoship” (compra automática de produtos consumíveis), assistência ou suporte, actualizações, ou outros produtos.

Todos os negócios bem-sucedidos são exímios no “upsell”: a promoção de uma compra extra, ou de um produto mais avançado ou de mais serviços, de preferência que tenham um carácter de continuidade.

Se a tua ideia é isso mesmo: uma ideia, que pode ser ligada com voluntariado ou associativismo (como o do GAS, Grupo de Ação Social), religião ou sistema de negócio (afiliados, network, marketing de rede, franchinsing) a escalabilidade mede-se na capacidade e na facilidade com que um membro pode envolver outros membros e fazer crescer a influência da organização e o número de participantes.

Naturalmente, para proporcionar dinheiro, este segundo modelo precisa ter alguma forma de os membros doarem dinheiro ou adquirirem bens ou serviços. Nesse momento precisa tornar-se escalável como indicado no parágrafo anterior

5- É Expansível Para Fora do Nicho

Se tens uma ideia muito específica para um nicho muito específico, podes ter um problema nas mãos. Mesmo que tenhas muito sucesso rapidamente precisarás de expandir para fora desse nicho e atrair outras pessoas.

Para isso precisas fazer uma nova abordagem, adicionar características e benefícios para solucionares problemas e responderes a necessidades e desejos de mais pessoas, de nichos ligeiramente diferentes.

Um bom exemplo disso é a expansão da Tribo, que começou com uma pequena equipa numa empresa de multinivel (para blogueiros, com o slogan: “Faz 3 Coisas e Ganha Dinheiro“) depois expandiu para um sistema de treino independente em Internet Marketing (a Universidade da Tribo) para empreendedores digitais, e continuou a expandir até se tornar uma comunidade de empreendedores em múltiplos sectores de actividade, incluindo “ganhar dinheiro com hobbies”.

Artigo Relacionado: O Manifesto da Tribo – Quem Somos | Os Nossos Valores | O Que Fazemos

 

Se tens uma ideia poderosa, se essa tua ideia passou o teste acima, lembra-te disto: pode ter chegado a tua vez! Não há nada mais poderoso do que uma ideia cujo momento chegou.

Identificar uma boa ideia de negócio significa saber onde colocar o teu tempo, dinheiro e energia e pode ser bastante complicado caso a tua ideia se situe numa área que não domines muito bem.

 

Depois de Avaliares a Qualidade Económica de Ideias, Aqui vão os 15 Peças do Puzzle Para Transformar Essas Ideias Em Dinheiro

Quando eu não sabia como transformar ideias em dinheiro,  ganhava sempre menos do que precisava. Imaginava eu que o dinheiro vinha das horas de trabalho, e por isso, quando precisava de mais dinheiro, trabalhava mais horas. Estava enganado.

As horas de trabalho têm pouco a ver com o sucesso financeiro porque o dinheiro a sério não está no trabalho, mas na forma de o realizar e nas ideias que criaram os sistemas que estão por detrás desse trabalho.

Artigo Relacionado: Como Ter Sucesso Pessoal e Nas Organizações, e Criar Uma Vida Abundante

Foi somente quando entendi isto que comecei realmente a ter sucesso. Descobri que qualquer coisa que eu faça, funciona. Descobri que o dinheiro vem literalmente de todo o lado, e muito dele inesperadamente.

Muitas pessoas que trabalham comigo experimentam essa sensação incrível: a de sentir que vem dinheiro de todo o lado.

Ela tornou-se possível seguindo estes 15 passos que te mostro neste livro.

Eles possibilitam-te transformar uma boa ideia (que já sabes identificar se leste o artigo desde o início) em dinheiro.